A evolução tecnológica que vemos atualmente é algo espetacular, uma realidade que atinge diversos setores do mercado. Não à toa, inovações como o software para departamento pessoal são cada vez mais necessários dentro das grandes empresas.

Mas, essa necessidade tecnológica pode trazer algumas armadilhas. Alguns gestores acabam investindo em ferramentas pouco produtivas na tentativa de suprir carências tecnológicas do seu Departamento pessoal. Por isso, é preciso ter atenção na hora da escolha.

Mas, o que um software para departamento pessoal precisa ter para ser uma ótima opção? O que você deve avaliar na hora da escolha?

Para ajudar nessa tarefa tão importante, preparamos este artigo com um passo a passo de como não errar na hora de adquirir o software para departamento pessoal completo para a sua empresa!

Boa leitura!

 Software para Departamento Pessoal: o que ele precisa ter?

Uma boa maneira de garantir uma solução completa para o seu DP é frisar os diferenciais que devem ser oferecidos pela solução.

Para um gestor de Departamento Pessoal essa tarefa pode não ser muito simples, pois ele não é nenhum especialista em tecnologia. Por isso, vale a pena incluir o gerente de TI nessa jornada.

De qualquer forma, destacamos algumas características que você deve exigir de um software de alto padrão. Acompanhe:

Tecnologia

  • Modalidade: 100% cloud, utilizando nuvem da própria Oracle;
  • UX: Modelo focado na experiência do cliente;
  • Linguagem: Apex em sua última versão;
  • Banco de dados: Oracle Autonomous.

Escopo

Ganho

  • Informações entre Ponto, Folha, SESMT e eSocial sem precisar de redigitação;
  • Disponibilidade em alta performance sem necessitar de infraestrutura local;
  • Facilidades de acesso em qualquer localização (mesmo com internet 4G);
  • Ganho de produtividade com telas variadas e funções personalizadas;
  • Sistema parametrizável, adequando-se às necessidades do usuário;
  • Sem necessidade de projetos de atualização pós Go live, SaaS;
  • Relatórios flexíveis e formatados pelo usuário.

Projeto eSocial

Quais módulos um software para Departamento Pessoal precisa disponibilizar?

Um Departamento Pessoal de grande empresa é altamente complexo, realizando processos que envolvem desde questões básicas sobre o trabalhador até conformidades tributárias.

Essa diversidade de processos deve ser acompanhada pelo software do DP, que precisa oferecer módulos que atendam a todas as operações do setor. Confira alguns exemplos de módulos que você não pode abrir mão em uma solução de DP:

  • Programa de Participação nos Resultados;
  • Controle de Integração de Terceiros;
  • Treinamento e Desenvolvimento;
  • Ponto Eletrônico (Mobile);
  • Recrutamento e Seleção;
  • Gerador de Relatórios;
  • Gestão de Benefícios;
  • Folha de Pagamento;
  • Mensageria e-Social;
  • SESMT (SST).

Mas, não basta disponibilizar uma quantidade interessante de módulos. É preciso integração.

Um software especialista, como  o Compliance Capital Humano,  garante que todos os seus módulos se integrem e tornem-se um único banco de dados. Assim, possibilitando que as informações sejam compartilhadas sem erros ou duplicidades.

Qual o passo a passo para escolher um software para Departamento Pessoal seguir?

Agora que você já definiu as características e os módulo que o seu software para Departamento Pessoal precisa ter, é hora de entender o caminho para chegar à melhor ferramenta.

Confira 4 passos essenciais que você deve seguir na jornada de aquisição de uma nova solução HCM.

 1. Mapeamento das demandas

O primeiro passo é entender quais são as demandas do seu Departamento Pessoal, quais processos o setor tem dificuldade em realizar no dia a dia. Com isso, você terá boas informações para comparar com as funcionalidades do software para departamento pessoal pretendido.

2. Avaliação de custos

Por mais que uma solução HCM seja necessária, ela não pode custar todo o faturamento da sua empresa. Faça uma análise de custo e entenda qual a sua disponibilidade de investimento.

Logo, isso ajudará você a escolher um software para departamento pessoal completo e que não demande novos custos a cada atualização. Por exemplo, uma solução 100% e SaaS tende a representar um custo-benefício muito melhor em longo prazo.

3. Análise de usabilidade

Como dito, profissionais de DP não são especialistas em tecnologia. E nem precisam ser. Por isso, é preciso analisar o nível de usabilidade do software. Ainda que as funcionalidades sejam abrangentes, elas precisam ser práticas para todos os colaboradores.

Prime pelas soluções que trabalham com o conceito do UX (User Experience), pensado não só em atender todas as necessidades, mas também em entregar uma experiência diferenciada de uso para todos os integrantes do departamento pessoal.

4. Integração de Módulos

Nenhuma otimização pode acontecer sem uma integração. Imagine uma solução que oferece vários módulos, mas que não “conversem” entre si e obriga você a realizar o compartilhamento de informações manualmente. Não dá, não é mesmo?

Então, na hora da pesquisa por um novo software de DP, não abra mão da integração de módulos. Afinal, você não vai querer, por exemplo, repassar detalhe por detalhe sobre as informações fornecidas pelo ponto eletrônico ou pelo módulo do SST quando precisar de algum relatório, não é mesmo? Ou seja, o compartilhamento de dados deve fluir de acordo com suas necessidades.

Qual o impacto de um software HCM para o DP da sua empresa?

Um software com as características apresentadas ao longo do texto é capaz de oferecer autonomia ao seu Departamento Pessoal, ou seja, possibilitar que o setor desenvolva o seu trabalho com eficácia e sem atrasar a rotina de outras áreas.

Qual impacto para o TI?

O TI é impactado duplamente com uma solução HCM. O primeiro ponto é a participação direta do setor na escolha do novo software. Como departamento mais técnico, o TI é o mais indicado para auxiliar o DP na jornada de aquisição.

Além disso, com a implementação de uma solução especialista, como o Compliance Capital Humano, o TI passa a ter uma rotina mais produtiva. Consequentemente, precisando se preocupar menos com atualizações e alterações e conseguindo focar mais no core business da empresa.

Enfim, essas foram as nossas dicas para você não errar na hora de escolher o seu novo software para Departamento Pessoal. Além das funcionalidades da ferramenta, preze sempre por um fornecedor com know how e portfólio técnico completo, como o do Compliance Capital Humano.

Agende agora mesmo uma reunião conosco e saiba como a nossa solução Compliance Capital Humano pode transformar o seu Departamento Pessoal.

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu