sistema legado

Para muitas empresas, é um verdadeiro desafio ” abrir mão” de softwares antigos, seja por questão financeira ou por se tratar de uma tecnologia própria. Com isso, elas acabam tendo que realizar muitos dos seus processos utilizando um sistema legado.

Mas a verdade é que mesmo sendo sistemas antigos, essas soluções são capazes de corresponder a maior parte das necessidades dessas empresas.

O grande problema acontece quando se trata de localização fiscal e manter a conformidade com a complexa legislação brasileira. Muitas ficam perdidas e não sabem como cumprir as medidas utilizando esse tipo de sistema.

A boa notícia é que, com a integração de uma solução especialista, tudo pode mudar. E é exatamente sobre como você pode superar o desafio de localização fiscal do seu sistema legado, que falaremos no artigo de hoje. Continue lendo e confira.

Boa leitura!

O que é um Sistema Legado?

O sistema legado é a infraestrutura tecnológica que está presente há muito tempo dentro de uma empresa. Não há um padrão em termos de marcas ou fabricantes, pois qualquer ferramenta que não consiga acompanhar o desenvolvimento da empresa ou do mercado pode se tornar um sistema legado.

Em parte, um sistema legado pode ser considerado obsoleto, pois nem sempre conta com atualizações próprias. Por outro lado, a implementação de solução extra pode tornar o sistema funcional e com usabilidade atual.

Mas, sem dúvida, a falta de atualizações e os altos custos de manutenção são características comuns de um sistema legado.

Como superar o desafio de localização fiscal?

Como dito, para superar o desafio de localização fiscal não é preciso se desfazer do seu sistema legado. Mesmo sem atualizações próprias, o sistema pode atender exigências fiscais brasileiras, a partir da implementação de uma solução especialista.

Com uma solução fiscal especialista 100% cloud, inteligência fiscal nativa, com mais de 6.000 regras e 3 níveis de validação, o seu sistema legado se torna capaz de suprir as necessidades relativas à mensageria e assegurar o cumprimento de todas as obrigações fiscais (cálculo, apuração, escrituração, declaração, compensação e recolhimento).

Ou seja, sem precisar adquirir um novo ERP de alto padrão, você consegue garantir a conformidade fiscal da sua empresa. E tudo isso com o menor custo total de propriedade (TCO – Total Cost of Ownership).

Quais os impactos para o setor Fiscal da sua empresa?

A cada novo ano só aumenta a necessidade tecnológica do setor fiscal dentro das empresas. O governo se moderniza passo a passo e exige que as áreas fiscais acompanhem esse ritmo para manterem suas obrigatoriedades em dia.

Logicamente, cada vez que os sistemas do governo se atualizam, mais difícil fica para que sistemas legados acompanhem essas mudanças. Com isso, se torna mais desafiador para o setor fiscal da sua empresa assegurar conformidade fiscal.

Mas, tudo muda com a integração de uma solução especialista. Essa pequena adição é o suficiente para que o seu antigo sistema seja capaz de realizar processos de criação de auditoria e segurança da informação, cumprindo todas as obrigatoriedades com o Fisco.

Quais os impactos para o seu setor de TI?

Por mais que o setor fiscal seja o responsável por cumprir as questões fiscais, o gestor da área não é um especialista tecnológico. Esse papel fica por conta do TI, sendo o departamento mais indicado para buscar e escolher a solução especialista que complemente o sistema legado.

Com a solução fiscal em ação na empresa, o trabalho do TI muda por completo. Isso porque, contando apenas com o sistema legado, o setor precisa se desdobrar para encontrar atualizações que nem sempre existem. Na prática, o TI fica “preso” em um trabalho praticamente impossível de ser realizado.

Já com a solução fiscal a procura por modificações para o sistema legado se torna desnecessária, pois a solução já conta com todas as funcionalidades para garantir a conformidade fiscal.

Enfim, resolver o desafio de localização fiscal é possível mesmo com um sistema legado. Implementar uma solução especialista, já em médio prazo, resulta em diminuição de custos e maior qualidade para o TI e Setor Fiscal da sua empresa. Então, não tenha mais dificuldades para manter o seu sistema original.

Gostou do artigo? Continue no nosso blog e conheça agora 5 sinais que indicam que o seu sistema legado precisa de mudanças.

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu