revisao tributaria

Além das diversas crises que constantemente atingem o mercado, muitas empresas no Brasil acabam perdendo dinheiro com o pagamento indevido de impostos. Pode até não parecer, mas é provável que o seu negócio já tenha desperdiçado recursos pagando mais que deveria com as obrigações tributárias. A boa notícia é que com a Revisão Tributária é possível recuperar esses créditos em apenas 60 dias e salvar o caixa da sua empresa.

É claro que ao ler isso você pode se espantar, afinal, ninguém quer perder dinheiro pagando impostos desnecessariamente. Porém, saiba que, muito em razão à grande complexidade da nossa legislação tributária, mais de 95% das empresas no Brasil cometem esse erro.

Mas, como dito, com uma Revisão Tributária você consegue identificar essas falhas e recuperar parte ou o montante completo.

Então, se a sua empresa fatura acima de R$ 10 Milhões por ano e conta com uma organização mínima nas partes contábil e fiscal, saiba que este artigo pode lhe ajudar a ser o protagonista da recuperação de créditos. Continue com a gente e confira.

Boa leitura!

O que é a Revisão Tributária?

A Revisão Tributária nesse contexto é uma análise sobre os créditos tributários que a empresa acumulou ao longo dos últimos 5 anos. Tudo é feito a partir de um levantamento de dados e históricos de transações e atividades fiscais e tributárias do negócio.

Com esse estudo, são identificados os pagamentos indevidos realizados pela empresa, bem como, o valor dos créditos que podem ser adquiridos em uma futura recuperação tributária.

<<<Recuperação de Crédito: esclareça mitos e verdades valiosos!

Como realizar a sua Revisão Tributária?

Logicamente, a Revisão Tributária não é uma ação simples de ser realizada — até por isso, muitas empresas passam anos sem pedir a sua recuperação de créditos. O levantamento de dados deve ser minucioso, necessitando de um trabalho conjunto e sério do Financeiro, gestores de TI, Fiscal e do RH.

O processo não pode ser realizado por “achismos”, é necessário ficar atento por exemplo ao ICMS e a Substituição Tributária — quando um contribuinte é substituído por outro na quitação de determinados impostos.

Além disso, é essencial poder contar com a utilização de uma solução fiscal especialista para facilitar a apuração histórica de processos como:

  • planejamento tributário;
  • check-up´s técnicos;
  • processo de escrituração (SPEDs);
  • emissão de NF-es;
  • auditorias fiscais.

Ao cruzar e analisar todas as informações e identificar os pagamentos indevidos, o próximo passo é realizar o pedido de recuperação de crédito tributário. Isso é feito por meio da Declaração de Compensação (PER/DCOMP) ou do Pedido Eletrônico de Restituição, Ressarcimento ou Reembolso. Os créditos são disponibilizados geralmente em 60 dias após a entrega de toda a documentação.

Em casos mais extremos, você também pode acionar a justiça para que a Receita Federal interceda na resolução mais rápida do processo.

Qual o papel dos gestores dos setores de TI e Fiscal na sua Revisão Tributária?

Embora seja altamente benéfica para a sua empresa, a Revisão Tributária demanda a participação e a sincronia de diferentes departamentos. Uma união extremamente necessária para garantir que a recuperação de crédito aconteça dentro do prazo legal.

Segundo o artigo 168 do CTN (Código Tributário Nacional), os créditos tributários prescrevem após 5 anos da data do pagamento. Ou seja, não adianta apenas levantar os dados, é preciso se certificar sobre o prazo vigente.

Em razão dessa junção de fatores, o trabalho do Financeiro com os gestores Fiscal e de Ti se tornam determinantes — o mesmo acontecendo com os líderes do RH e Tributário. O acompanhamento diário dos processos e informações gerados por seus departamentos é o que garantirá uma realização bem-sucedida da Revisão Tributária.

<<<Saiba também sobre e-CredAc | CAT83/2009

m adendo especial deve ser feito ao líder do TI. Além de trabalhar em parceria com os outros setores, esse gestor é o responsável por apoiar na escolha da solução fiscal ideal para a empresa. Como explicado no tópico anterior, uma Revisão Tributária demanda o levantamento de informações como histórico o de emissões de NFEs, escituração (SPEDs), análises e cruzamentos das informações fiscais com o regime tributário.

<<<Quer saber mais sobre como contratar uma solução fiscal especialista? Baixe aqui nosso Infográfico comparativo

Uma solução fiscal especialista é capaz de armazenar e repassar esse tipo de informação de maneira rápida. Além é claro de promover com conformidade o cumprimento de todas as obrigatoriedades fiscais e tributárias da sua empresa — essencial para o cruzamento de dados.

Enfim, não pense que o pagamento a mais de impostos só acontece com as outras empresas. Alguns negócios conseguem levantar em média R$ 600 mil reais em uma Revisão Tributária. Seja pequena, média ou grande, toda empresa pode ficar sujeita a pagamentos indevidos ou equívocos tributários. Então, analise as informações apresentadas e garanta todos os benefícios legais para o seu negócio.

Gostou do artigo? Que tal agora entender como você pode realizar a sua própria Reforma Tributária?

Quer saber mais sobre como recuperar crédito e gerar caixa para a sua empresa? Então, participe do nosso webinar clicando no banner abaixo!

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu