esocial

A pandemia da Covid-19 é com certeza uma das maiores crises mundiais da história moderna da humanidade. E por causa do impacto negativo que o estado de calamidade pública trouxe para as empresas, o governo brasileiro decidiu mudar o cronograma de obrigatoriedades do eSocial.

Não que alterações e mudanças de prazos sejam novidades para as empresas em relação ao eSocial. Mas, dessa vez, o governo atendeu aos apelos dos próprios contribuintes — tendo em vista que muitos negócios simplesmente paralisam suas atividades durante o período da pandemia. Ou seja, foi uma prorrogação mais que necessária.

Mas, e você? Quer saber quem será afetado nesse adiamento de datas e como isso impacta a sua área de RH? Então, continue lendo e entenda mais sobre a mudança de cronograma do eSocial.

Boa leitura!

Quem será afetado com a alteração do cronograma do eSocial no primeiro momento?

Como toda alteração ocorrida no cronograma do eSocial, alguns grupos serão afetados mais que outros. Nesse primeiro momento, todas as empresas do 3º grupo de obrigados serão impactadas com a mudança, são eles:

  • empregadores optantes pelo Simples Nacional;
  • empregadores pessoa física.

Além desses, instituições do grupo 4 e todas que começariam a enviar folhas de pagamento a partir de 1° de setembro terão que esperar, tais como:

  • órgãos públicos federais;
  • organizações internacionais.

Por fim, todas as empresas que estavam obrigadas a enviar os eventos do SST (Segurança e Saúde do Trabalhador) também em setembro serão impactadas com o adiamento — isso inclui instituições que faturam acima de 78 milhões anuais e empresas do 1° grupo.

Confira também>>>>>>>> SESMT (SST) O que é? Como funciona na prática com o eSocial?

Como isso impacta o seu setor de RH?

O setor de RH, em si, já foi bastante afetado pela pandemia. Como dito na introdução, muitas empresas tiveram que paralisar suas atividades por causa do Covid-19. E quando isso acontece, o departamento de RH é um dos mais impactados, pois precisa garantir o cumprimento das rotinas, transmissão dos eventos de todos os funcionários, mesmo no cenário adverso.

O RH acaba focando somente no controle e envio de informações, não conseguindo ser um suporte para o crescimento da empresa e para a promoção de um ambiente mais saudável para todos os funcionários — fatores que também são objetivos dos Recursos Humanos.

Mas, com uma prorrogação no calendário do eSocial as coisas ficam mais fáceis. Com mais tempo para reunir e enviar os dados, o departamento de RH pode retomar a sua rotina “normal” e trabalhar lado a lado com outras áreas.

Ou seja, consegue cumprir com suas obrigatoriedades junto ao eSocial e ainda se torna um suporte estratégico, facilitando a implementação de projetos, desenvolvendo novas ideias junto aos colaboradores e promovendo:

  • atração e retenção de talentos;
  • crescimento profissional;
  • conformidade tributária.

Confira também >>>>>>>>Tendências para Área Fiscal e RH: reduzir custo e ganhar eficiência

Como estar preparado em qualquer cenário?

Como explicado, mudanças nos prazos do eSocial não chegam a ser novidades no dia-a-dia das empresas. Não há como negar que, dessa vez, foi uma decisão oportuna, necessária e inteligente. Porém, nem sempre as alterações no cronograma serão favoráveis ao seu negócio.

Para não correr riscos de ser surpreendido e permitir que o seu setor de RH tenha autonomia para trabalhar e não se desorganize repentinamente é preciso estar preparado. Em outras palavras: é necessário contar com uma solução especialista de gestão do capital humano (HCM). Uma ferramenta completa que possibilita o controle de informações referentes a contratações, pagamentos de folha, cargos e funções dos seus colaboradores. Tudo de maneira fácil e rápido.

Utilizando uma solução especialista para gestão do capital humano (HCM) com tecnologia cloud o cenário fica ainda melhor, pois o gestor consegue gerir e enviar os eventos de qualquer lugar — superando as dificuldades impostas, por exemplo, pela pandemia do Coronavírus.

Enfim, as modificações no calendário do eSocial já são uma certeza e logo novas datas serão divulgadas. De certa maneira é algo positivo, pois a sua empresa terá mais tempo para se organizar após a pandemia. Mas, você não precisa esperar intervenções do governo para manter as obrigatoriedades do seu RH em dia: uma solução especialista para gestão do capital humano (HCM) é capaz de suprir todas as suas necessidades.

Que tal entender agora como turbinar o seu RH utilizando inovação e tecnologia?

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu