Empresas de diferentes portes não podem abrir mão de ferramentas tecnológicas para facilitar processos e controlar as inúmeras atividades que ocorrem simultaneamente em suas dependências. E um desses recursos é o ERP.

ERP (Enterprise Resource Planning), sigla que em tradução literal significa Planejamento de Recursos da Empresa, é um sistema que tem a capacidade de cuidar de todas as operações realizadas na organização, desde o fluxo de caixa até o ponto dos funcionários.

A utilização desse tipo de software aqui no Brasil ainda gera discussões e vamos explicar o porquê.

Certos ERPs vêm do mercado externo, por isso nem sempre estão preparados para atender às necessidades locais no que diz respeito à entrega de obrigações fiscais, financeiras e trabalhistas brasileiras, o que dificulta a implementação na plataforma de muitas empresas.

Para resolver essa pendência, a solução seria fazer uma atualização ou uma customização. Porém, essa medida leva tempo e consome investimentos que poucas organizações estão dispostas a desembolsar.

Além disso, a velocidade das alterações legais e tributárias no Brasil é infinitamente maior do que as atualizações dos ERPs podem acompanhar. Logo, seriam necessárias renovações diárias para tornar a ferramenta altamente eficiente.

Porém, quando esse procedimento precisa ser realizado, geralmente todo ou parte do sistema é pausado, atrapalhando a realização das atividades de todos os departamentos da empresa.

Desafios e soluções para o uso do ERP

O sistema ERP é oferecido por empresas de renome no mercado, como Oracle, SAP e Totvs. Algumas dessas empresas, inclusive, possuem a versão do ERP cloud, em vez de instalar o sistema localmente, o que aumenta a segurança e a facilidade de acesso.

Há ainda marcas que oferecem o ERP aliado aos sistemas legados da empresa contratantes, ou seja, programas que a plataforma não possui, mas que são essenciais para manter a gestão da organização. Porém, neste caso, há risco de incompatibilidades, causando mais transtornos do que facilidades.

A partir desse panorama, podemos perceber que alguns dos possíveis obstáculos do ERP são não se adequar facilmente ao sistema já adotado internamente pelas empresas no Brasil e não atender a determinadas obrigações fiscais que são importantes para as organizações. Porém, a ferramenta é essencial para a administração de muitas organizações.

Por isso, com o intuito de sanar essas dificuldades e tornar os trâmites fiscais das empresas mais efetivos e ágeis, a Compliance oferece soluções que permitem aos seus clientes aliar facilmente seus sistemas internos aos melhores ERPs do mercado.

Plataformas como Oracle Cloud, Oracle EBS, Oracle JD Edwards, SAP, Infor e Dynamics AX são totalmente compatíveis com nossas soluções, sem que seja necessário pausar os módulos da plataforma em caso de atualização ou resolução de conflitos de sistemas.

E então? Quer conhecer nossas soluções e ter mais tranquilidade para resolver questões fiscais e tributárias? Entre em contato com nossa equipe ou deixe seu comentário abaixo. Sua opinião é muito importante para nós!

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu