ERP SAP ECC ou SAP S/4 HANA : veja como superar os desafios de localização fiscal Brasil!

Em razão de todo o seu gabarito de mercado, a empresa SAP ainda está no topo da preferência de muitos gestores quando o assunto é software de padrão global. Não à toa o SAP ECC e o SAP S/4 HANA aparecem como ERPs principais de grandes empresas ao redor do mundo.

No entanto, mesmo com grande experiência e tecnologia, os ERPs SAP não suprem todas as necessidades de seus usuários quando se fala em inteligência fiscal. Por serem de padrão global, seus módulos fiscais são dispersos e não apresentam conformidade completa com leis tributárias locais.

Vamos entender melhor os desafios enfrentados pelos usuários do SAP ECC e o SAP S/4 HANA em relação à conformidade fiscal brasileira? 

Boa leitura!

Quais os principais desafios fiscais enfrentados pelos usuários do SAP ECC e o SAP S/4 HANA?

O primeiro ponto que devemos deixar claro é que o investimento tanto no SAP ECC quanto no SAP S/4 HANA é algo bastante vantajoso. A empresa SAP é pioneira no sistema ERP, por isso os seus produtos são capazes de trazer uma automatização grandiosa para a sua empresa.

No entanto, a evolução tecnológica atual está muito rápida, e alguns modelos de software logo não serão capazes de acompanhar o ritmo e entregar um serviço de qualidade.

SAP ECC em 2030

É o caso do SAP ECC, que em 2030 não terá mais atualizações disponíveis e nem suporte da plataforma principal. Os seus usuários terão que migrar para o S/4 Hana Cloud ou para o SAP S/4 Hana Private.

Além do contratempo evolutivo, qualquer empresa que utiliza um ERP de padrão global no Brasil tem dificuldade na questão fiscal. Em razão da complexidade da nossa legislação fiscal, esses softwares não são capazes de apresentar conformidade fiscal, limitando-se às obrigatoriedades básicas.

Mas então, como superar esses desafios?

A boa notícia para os usuários do SAP ECC é que com uma única ferramenta é possível resolver grande parte desse problema.

Com o investimento em uma solução fiscal especialista o desafio de inconformidade é superado. Isso porque a ferramenta conta com inteligência fiscal no seu sistema. Você conhece?

Basicamente, a inteligência fiscal é a funcionalidade do software que garante a avalição, obtenção, proteção e repasse de todas as informações fiscais de uma empresa. A partir dela, você reduz o risco de prescrição dos créditos tributários e otimiza o trabalho do setor fiscal. Em outras palavras, ela traz o equilíbrio fiscal que qualquer negócio precisa.

Mas a inteligência fiscal não é o único diferencial  das melhores soluções fiscais disponíveis no mercado, você também conta com:

  • cumprimento de todas as obrigações fiscais (cálculo, apuração, escrituração, declaração, compensação e recolhimento);
  • captura e recebimento automático de documentos eletrônicos como XML, TXT, PDF e Link;
  • menor custo total de propriedade (TCO – Total Cost of Ownership);
  • cumprimento de todas as necessidades relativas à mensageria;
  • automação dos processos Miro e Migro;
  • inovação e 100% cloud;
  • mais de 6.000 regras;
  • 3 níveis de validação.

Em relação à migração do SAP ECC para o S/4 Hana Private ou Cloud, ao investir na solução fiscal de verdade, você não precisa fazer um segundo investimento. A plataforma Compliance é sempre a mesma, independentemente da versão do ERP SAP utilizado. Ou seja, não existem custos de migração.

Qual o impacto para o seu setor Fiscal e o de TI?

O fato é que sem uma inteligência fiscal nativa, os desafios de inconformidade tributária não podem ser superados pelo SAP ECC ou qualquer tipo de ERP global. Dessa forma, contar apenas com essa ferramenta é dificultar e muito o trabalho do seu setor Fiscal.

Veja como escolher uma solução especialista para a sua empresa:

Por outro lado, ao integrar a solução fiscal especialista ao seu ERP, sem a necessidade de se desfazer de qualquer investimento anterior, você assegura atendimento a todas as necessidades da sua empresa agora e no futuro, sem riscos de gastos extras com atualização de plataforma.

Em outras palavras, você traz o seu setor Fiscal para o cumprimento real das obrigações. Garante a eficácia no trabalho da equipe e a tranquilidade para o restante da empresa.

O setor de TI é impactado justamente por essa transformação. Com uma solução fiscal completa e que se atualiza automaticamente, a equipe de TI não precisa perder mais tempo procurando atualizações ou implementações para garantir a conformidade fiscal do seu ERP padrão.

Sem esse trabalho cansativo, e nem sempre possível, o setor otimiza o tempo e consegue focar no desenvolvimento de soluções que agreguem valor ao core business da empresa.

Enfim, não desperdice o investimento no seu SAP ECC ou qualquer outro software de padrão global. Como ERPs de grandes marcas, eles oferecem diferentes módulos que resultam em maior dinamicidade no fluxo de trabalho da sua empresa. Adicione sim a uma solução fiscal especialista e assegure uma cobertura tributária completa a esses mesmos ERPs.

Acesse agora e descubra como podemos ajudar a sua empresa nos desafios de localização fiscal! 

Please follow and like us:
error
Post anterior
FCI: o que é e quais são os impactos no setor fiscal e TI da sua empresa?
Próximo post
Cronograma do eSocial simplificado: entenda o calendário de 2021

Posts Relacionados

No results found

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

ERP SAP ECC ou SAP S/4 HANA : veja como superar os desafios de localização fiscal Brasil!

Em razão de todo o seu gabarito de mercado, a empresa SAP ainda está no topo da preferência de muitos gestores quando o assunto é software de padrão global. Não à toa o SAP ECC e o SAP S/4 HANA aparecem como ERPs principais de grandes empresas ao redor do mundo.

No entanto, mesmo com grande experiência e tecnologia, os ERPs SAP não suprem todas as necessidades de seus usuários quando se fala em inteligência fiscal. Por serem de padrão global, seus módulos fiscais são dispersos e não apresentam conformidade completa com leis tributárias locais.

Vamos entender melhor os desafios enfrentados pelos usuários do SAP ECC e o SAP S/4 HANA em relação à conformidade fiscal brasileira? 

Boa leitura!

Quais os principais desafios fiscais enfrentados pelos usuários do SAP ECC e o SAP S/4 HANA?

O primeiro ponto que devemos deixar claro é que o investimento tanto no SAP ECC quanto no SAP S/4 HANA é algo bastante vantajoso. A empresa SAP é pioneira no sistema ERP, por isso os seus produtos são capazes de trazer uma automatização grandiosa para a sua empresa.

No entanto, a evolução tecnológica atual está muito rápida, e alguns modelos de software logo não serão capazes de acompanhar o ritmo e entregar um serviço de qualidade.

SAP ECC em 2030

É o caso do SAP ECC, que em 2030 não terá mais atualizações disponíveis e nem suporte da plataforma principal. Os seus usuários terão que migrar para o S/4 Hana Cloud ou para o SAP S/4 Hana Private.

Além do contratempo evolutivo, qualquer empresa que utiliza um ERP de padrão global no Brasil tem dificuldade na questão fiscal. Em razão da complexidade da nossa legislação fiscal, esses softwares não são capazes de apresentar conformidade fiscal, limitando-se às obrigatoriedades básicas.

Mas então, como superar esses desafios?

A boa notícia para os usuários do SAP ECC é que com uma única ferramenta é possível resolver grande parte desse problema.

Com o investimento em uma solução fiscal especialista o desafio de inconformidade é superado. Isso porque a ferramenta conta com inteligência fiscal no seu sistema. Você conhece?

Basicamente, a inteligência fiscal é a funcionalidade do software que garante a avalição, obtenção, proteção e repasse de todas as informações fiscais de uma empresa. A partir dela, você reduz o risco de prescrição dos créditos tributários e otimiza o trabalho do setor fiscal. Em outras palavras, ela traz o equilíbrio fiscal que qualquer negócio precisa.

Mas a inteligência fiscal não é o único diferencial  das melhores soluções fiscais disponíveis no mercado, você também conta com:

  • cumprimento de todas as obrigações fiscais (cálculo, apuração, escrituração, declaração, compensação e recolhimento);
  • captura e recebimento automático de documentos eletrônicos como XML, TXT, PDF e Link;
  • menor custo total de propriedade (TCO – Total Cost of Ownership);
  • cumprimento de todas as necessidades relativas à mensageria;
  • automação dos processos Miro e Migro;
  • inovação e 100% cloud;
  • mais de 6.000 regras;
  • 3 níveis de validação.

Em relação à migração do SAP ECC para o S/4 Hana Private ou Cloud, ao investir na solução fiscal de verdade, você não precisa fazer um segundo investimento. A plataforma Compliance é sempre a mesma, independentemente da versão do ERP SAP utilizado. Ou seja, não existem custos de migração.

Qual o impacto para o seu setor Fiscal e o de TI?

O fato é que sem uma inteligência fiscal nativa, os desafios de inconformidade tributária não podem ser superados pelo SAP ECC ou qualquer tipo de ERP global. Dessa forma, contar apenas com essa ferramenta é dificultar e muito o trabalho do seu setor Fiscal.

Veja como escolher uma solução especialista para a sua empresa:

Por outro lado, ao integrar a solução fiscal especialista ao seu ERP, sem a necessidade de se desfazer de qualquer investimento anterior, você assegura atendimento a todas as necessidades da sua empresa agora e no futuro, sem riscos de gastos extras com atualização de plataforma.

Em outras palavras, você traz o seu setor Fiscal para o cumprimento real das obrigações. Garante a eficácia no trabalho da equipe e a tranquilidade para o restante da empresa.

O setor de TI é impactado justamente por essa transformação. Com uma solução fiscal completa e que se atualiza automaticamente, a equipe de TI não precisa perder mais tempo procurando atualizações ou implementações para garantir a conformidade fiscal do seu ERP padrão.

Sem esse trabalho cansativo, e nem sempre possível, o setor otimiza o tempo e consegue focar no desenvolvimento de soluções que agreguem valor ao core business da empresa.

Enfim, não desperdice o investimento no seu SAP ECC ou qualquer outro software de padrão global. Como ERPs de grandes marcas, eles oferecem diferentes módulos que resultam em maior dinamicidade no fluxo de trabalho da sua empresa. Adicione sim a uma solução fiscal especialista e assegure uma cobertura tributária completa a esses mesmos ERPs.

Acesse agora e descubra como podemos ajudar a sua empresa nos desafios de localização fiscal! 

Please follow and like us:
error
Post anterior
FCI: o que é e quais são os impactos no setor fiscal e TI da sua empresa?
Próximo post
Cronograma do eSocial simplificado: entenda o calendário de 2021

Posts Relacionados

No results found

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu