A EFD-REINF de janeiro de 2020 está cada vez mais próximo. E quanto mais o tempo passa, menor fica o período para a sua empresa se adaptar às modificações promovidas pelo governo e maior se tornam os gastos que você terá que fazer.

Com um mercado dinâmico e competitivo, como o atual, nenhum empresário ou empreendedor pode se dar ao luxo de desperdiçar tempo e dinheiro para cumprir com as suas obrigatoriedades. É preciso se manter sempre a frente dessas questões.

<< Confira todas as informações neste ebook aqui, de forma simples, sobre o cronograma de obrigações fiscais!

Continue lendo e entenda mais sobre os impactos que a EFD-REINF pode trazer para o seu negócio e como as versões globais dos ERPs SAP e Oracle, podem não ser sozinhas o melhor caminho para colocar a sua empresa em conformidade com o FISCO.

Boa leitura!

Quais os impactos que a EFD-REINF pode trazer para o seu negócio?

Criada para substituir o DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte), a EFD-REINF apresentará a sua nova versão em janeiro de 2020.

Para pessoas físicas e jurídicas que não querem problemas com o Fisco no ano que vem, é vital entender e seguir as novas exigências do módulo, que também é um complemento ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).

As informações enviadas pela EFD-REINF são separadas em eventos, por exemplo:

  • Comercialização produtiva e apuração previdenciária substituída pelas agroindústrias e demais produtores rurais;
  • Dados associados às entidades promotoras de evento e desportiva que mantenha clube de futebol profissional;
  • Beneficies recebidas ou enviada para associação desportiva que mantenha equipe de futebol;
  • Geração ou tomada de serviços perante cessão de mão de obra ou empreitada.

Todos os dados enviados geram arquivos XML e são armazenados no sistema, a fim de serem disponibilizados para consulta quando necessário.

Por ser uma Instrução Normativa Federal, a EFD-REINF é uma obrigatoriedade que deve ser cumprida categoricamente pelos contribuintes. Ou seja, ao não se em manter em dia com essa questão, a sua empresa corre riscos de sofrer severas punições, por exemplo:

  • suspensão das atividades;
  • pagamento de multas;
  • ações judiciais.

Como entrar em conformidade utilizando ERPs como SAP, Oracle e outros sistemas globais?

Para que a sua empresa evite um cenário negativo quanto ao cumprimento do EDF-REINF, é importante contar com uma solução especialista no preenchimento das informações fiscais. Esse tipo de tecnologia é eficiente, pois se adapta às necessidades do usuário.

E, se tratando da dinâmica do modus operandi do governo brasileiro, um ERP de padrão global, como SAP e Oracle, por sí só pode ter maiores dificuldades e, um custo maior para entregar uma obrigação completa – pelo menos dentro de um prazo apertado.

Por exemplo, a EFD-REINF sofreu um número grande de alterações que entrará em vigor daqui a alguns meses. E nenhuma empresa que esteja dentro do grupo obrigatório para declaração pode negligenciar esse fato.

Mas o tempo é curto e o que fazer quando você utiliza ERPs de padrão global como SAP e ORACLE ou sistemas Legados e precisa modificá-los quase que por completo?

Para diminuir o “Custo Brasil” e atender todas as alterações do sistema SPED é preciso adotar uma solução de uma empresa com conhecimento completo sobre o assunto.

Uma ótima dica é optar por uma solução especialista que tenha interfaces facilitadas com os maiores fornecedores ERP e Sistema Legados, capaz de atender muito mais fácil as conformidades exigidas pelo Fisco, independentemente do nível de atualização realizada.

<< Você saberia avaliar qual a melhor Solução Fiscal do mercado para a sua Empresa? Acesse o nosso infográfico com um comparativo entre as principais soluções fiscais do mercado!

Com uma solução global você precisará realizar alterações frequentes e categóricas para corresponder às solicitações do governo. Além de impactar diretamente a sua equipe de TI e Fiscal, essa tipo de trabalho afetará o caixa financeiro da sua empresa.

Uma solução complementar ao seu ERP SAP, Oracle e outros sistemas globais, consegue entregar todas as obrigações com a mesma eficiência e, em alguns casos, com mais inteligência, que o seu sistema de gestão, mas com os custos dentro da realidade brasileira.

É uma questão de custo x benefício. Além de um atendimento mais próximo, você tem o suporte de especialistas que podem tirar qualquer dúvida sobre o preenchimento dos formulários.

Por isso, não se arrisque tentando transformar o seu ERP SAP, Oracle ou outros de classe global para entrar em conformidade com Fisco e entregar a EFD-REINF em tão pouco tempo. Evite problemas que podem até mesmo paralisar o seu negócio. Conte uma solução de uma parceira especialista e se mantenha tranquilo no próximo ano.

Quer conhecer uma solução para a EFD-REINF, que demanda investimento menor que uma customização ou atualização do seu sistema atual? Entre em contato agora mesmo!

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu