reconhecimento facial

Em uma época em que o distanciamento social é considerado uma medida fundamental, tecnologias como o reconhecimento facial se mostram ótimas opções para garantir o funcionamento de diversos processos do RH e do Departamento Pessoal.

Quando a inovação é adicionada ao controle de ponto, se mostra ainda mais incrível. Afinal, há algumas décadas a maior parte das empresas realizava o controle de ponto em cartelas ou em anotações de grandes cadernos. A mudança é total.

Mas, você sabe como funciona o reconhecimento facial e quais as vantagens reais para a sua empresa? Para entender mais sobre essa tecnologia, continue lendo e confira a postagem que preparamos sobre o assunto.

Boa leitura!

Como funciona o reconhecimento facial no ponto eletrônico?

O controle de ponto sempre foi um dos principais desafios para os gestores de RH e DP. Isso porque, até chegar ao nível de tecnologia atual, o processo já passou por diversos sistemas obsoletos que não ofereciam nenhum tipo de segurança às informações.

O reconhecimento facial é o tipo de inovação que resolve praticamente todas as dificuldades encontradas nesse processo. E, mesmo sendo uma tecnologia de última geração, tudo acontece de maneira bem simples para o colaborador.

Funciona da seguinte forma: por meio de um software especializado, que funciona tanto na empresa quanto de maneira remota, o trabalhador tem o seu rosto escaneado pela câmera do dispositivo.

São identificados os pontos nodais, garantindo que o reconhecimento seja um sistema seguro para esse tipo de controle. Por fim, é tirada uma foto do colaborador e enviada para nuvem após a confirmação.

Tanto a imagem quanto as informações sobre data e horário são armazenadas no sistema para a utilização das equipes de RH e Departamento Pessoal.

Quais os benefícios do ponto eletrônico com reconhecimento facial?

É claro que o uso de uma tecnologia tão evoluída no ponto eletrônico resultaria em diversos benefícios para os setores da sua empresa. Confira alguns dos principais.

Usabilidade simples

Como explicado, mesmo sendo uma grande inovação, o reconhecimento facial no ponto eletrônico é de simples uso. Mesmo colaboradores que pouca expertise tecnológica podem utilizá-la sem grandes dificuldades.

Basta que sigam as instruções e realizem o cadastro, sendo que o reconhecimento facial só é feito uma vez a cada controle de ponto.

Agilidade no registro

Fim das filas e das aglomerações na hora de “bater o ponto”. Esse tipo de benefício tão atual também é um dos principais do sistema de reconhecimento facial.

Com tudo podendo acontecer de forma remota e individual, a sua empresa agiliza de vez o processo e extingue as filas de funcionários.

Ótimo custo-benefício

Imagine você contar com uma ferramenta que traz total segurança para o controle de ponto, permite acesso mobile, acaba com as filas, dinamiza o processo e ainda facilita a vida do RH e DP? Transformador, não é mesmo?

Por essa razão, o ponto eletrônico com reconhecimento facial se mostra um investimento de custo-benefício. Você investe em uma única solução e tem um retorno altamente vantajoso.

Qual a importância do ponto eletrônico com reconhecimento facial para o RH e DP?

Ter a possibilidade de gerenciar a jornada de trabalho à distância já impacta diretamente a vida dos gestores de RH e DP. Não há mais aquela preocupação se os colaboradores estão se dirigindo para o local de ponto da entrada ou saída dos turnos. Todo o processo acontece de forma individual e pode ser conferido em questões de segundos pelos gestores.

A solução auxilia na gestão de pessoas, não há mais necessidade de relógios tradicionais e nem filas de trabalhadores. Tudo mais dinâmico e simples.

Além disso, há um compartilhamento completo de informações, o que facilita o trabalho do Departamento Pessoal na hora de recuperar os dados sobre os trabalhadores e cumprir suas obrigatoriedades tributárias.

Qual a importância para o setor de TI?

Para qualquer TI, contar com tecnologias de alto padrão e que facilitem a rotina dos demais setores é sempre importante. Tendo em vista que o setor é justamente o responsável por entregar “soluções mágicas” quando não há o investimento por parte da empresa, certamente ele é um dos mais interessados na adoção desse tipo de inovação.

Neste caso, o TI entra também como o mais indicado para definir o melhor software de controle de ponto eletrônico com reconhecimento facial. O gestor é o mais capacitado para comparar uma solução completa, com módulos que transformam tanto a rotina do RH quanto do DP, com outra ferramenta que apenas oferece o básico.

Com a solução ideal implementada, as suas áreas de RH e DP conseguirão acompanhar com eficiência as jornadas de trabalho das equipes, sejam internas ou externas, e ainda fazer o uso imediato das informações geradas. E a melhor parte: de maneira ágil, intuitiva e dentro da nuvem. Inovação total para a sua empresa.

Gostou do conteúdo de hoje? Conte para a gente nos comentários abaixo! E não deixe de ler o nosso artigo com o tema: Gestão de ponto eletrônico em nuvem: quais as vantagens para o seu DP?

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu