compliance_fiscal

O filósofo Platão dizia que “a música é o meio mais poderoso do que qualquer outro para alcançar uma pessoa, pois o seu ritmo e harmonia residem na alma. Além disso, o seu ritmo enriquece e confere graça àquele que a recebe”. E é entendendo essa relevância foi que a Compliance Fiscal e Capital Humano criou um projeto musical para integração dos seus colaboradores e apoio aos músicos locais durante a quarentena.

Segundo estudos da UNIFESP, o período de quarentena ou isolamento social pode trazer sequelas tão graves quanto os sintomas do próprio coronavírus, principalmente, psicológicas. O medo de ser contaminado e a necessidade de afastamento das outras pessoas, por exemplo, podem resultar em um aumento no nível de estresse e ansiedade.

Por isso, para ajudar seus colaboradores a superarem este momento com mais leveza, a Compliance criou o projeto “Café com Música”, que consiste em transmissões semanais musicais ao vivo com muita descontração e conexão entre os participantes.

Quer saber mais? Continue lendo e entenda como funciona o “Café com Música” da Compliance Fiscal e Capital Humano e qual a importância da música na saúde mental dos colaboradores. Boa leitura!

A importância da música para a saúde do ser humano

A Compliance Fiscal e Capital Humano não escolheu a música como uma forma de ajudar os seus colaboradores a superar o estresse da quarentena à toa. Desde os tempos dos grandes filósofos gregos, a música é associada ao bem-estar e qualidade de vida. Porém, antigamente, havia poucos estudos científicos sobre a eficácia das melodias.

Hoje, graças à evolução tecnológica, os especialistas já conseguem comprovar o quanto esse elemento é benéfico para o ser humano. Um estudo feito pela British Journal of Surgery, por exemplo, testou o efeito da música na rotina das pessoas.

Segundo a pesquisa, pessoas que ouvem canções aleatórias no dia a dia têm um aumento de humor e bem-estar significativo. Além disso, quando os voluntários do estudo escolhiam as próprias músicas, os resultados eram ainda melhores.

O estudo britânico se baseia no conceito da musicoterapia, ou seja, a utilização da música e seus elementos para a melhoria da saúde física e mental. Segundo os especialistas da pesquisa, esse tipo de tratamento pode trazer benefícios como:

  • aperfeiçoamento da comunicação e interação social;
  • diminuição do cansaço físico e mental;
  • estímulo à coordenação motora.

Projeto “Café com Música” da Compliance Fiscal e Capital Humano

Entendendo que a quarentena como reflexo da pandemia se trata de algo macroambiente, a Compliance pensou em formas de ajudar os funcionários a superarem esse período de isolamento com o mínimo de consequência possível. Se não há como fugir das medidas essenciais, como o distanciamento social, por exemplo, a empresa criou uma forma de integrar seus profissionais de maneira agradável. Assim, nasceu o “Café com Música”.

De acordo com a responsável pela área de Recursos Humanos da Compliance Fiscal, Vanessa Castro, a iniciativa tem como objetivo melhorar o clima organizacional e a qualidade de vida de todos e tem sido muito bem acolhida pelos colaboradores. “Os funcionários estão abraçando o projeto e notamos que suas famílias também”, destaca Vanessa.

O evento reúne os colaboradores da Compliance Fiscal e Capital Humano e convidados, para ouvir música ao vivo em “lives” na internet, que são transmitidas pelo Canal da Compliance no Youtube, para interagir e “fugir” um pouco da realidade pandêmica. Assim, fazendo com que todos se sintam abraçados e integrados, ainda que estejam em  home office.

Além de ser algo benéfico para os colaboradores e convidados, o projeto é uma oportunidade para diversos músicos locais apresentarem o seu trabalho – essencial em um momento em que estão proibidos shows, festas e quaisquer apresentações presenciais.

O cuidado com o Capital Humano

Muito além da música, o projeto da Compliance Fiscal e Capital Humano visa o bem-estar dos seus funcionários. Uma preocupação necessária, mas que, infelizmente, ainda fica em segundo plano em várias empresas. Um grande erro que muitos cometem sob o argumento, ainda mais equivocado, de contenção de gastos.

Um estudo feito pela Maxis Global Benefits Network mostra que as instituições que investem na promoção da saúde mental e física de seus profissionais acabam lucrando mais em médio prazo. Em outras palavras, o investimento no bem-estar do capital humano é uma forma de trazer mais retorno para o negócio.

Por outro lado, o mesmo estudo mostra que as instituições com baixo investimento na saúde de seus trabalhadores acabam gastando mais em longo prazo e sofrendo com alta taxa de turnover – quando os profissionais decidem sair da empresa.

Enfim, o trabalho da Compliance Fiscal e Capital Humano é uma tendência mundial em marcas com gestões inovadoras. As grandes líderes do mercado entendem que nenhum negócio consegue ser bem-sucedido com trabalhadores pouco engajados e com sucessivos problemas de saúde. O projeto “Café com Música” é um exemplo a ser seguido.

As transmissões acontecem toda quinta-feira às 15h30. Você pode acompanhar ao vivo ou assistir as apresentações realizadas anteriormente direto na playlist do canal da Compliance no Youtube. Para não perder, inscreva-se aqui no canal!

Gostou deste artigo? Deixe o seu comentário abaixo!

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu