Central de Balanços: projeto do SPED deve sair do papel em 2019

central de balanços sped fical

A Central de Balanços é um projeto do Sistema Público de Escrituração Fiscal (SPED) que deverá reunir em apenas uma plataforma as informações contábeis das empresas brasileiras e disponibilizá-las para os órgãos competentes de fiscalização.

Anunciada em 2011 pela Receita Federal, a iniciativa havia sido descontinuada, mas foi retomada. Pelo menos esta foi a interpretação dos empresários após terem acesso aos novos manuais de orientação da Escrituração Contábil Digital (ECD) e da Escrituração Contábil Fiscal (ECF), disponibilizados em dezembro de 2018.

O manual do ECD especificamente reúne informações a respeito do Bloco J (Demonstrações Contábeis). A partir dele será possível importar informações na Central de Balanços, projeto que, de acordo com notícia da Receita Federal, deve ser lançado no SPED ainda em 2019.

As informações gravadas na Central de Balanços serão mantidas em um repositório e utilizadas para geração de estudos contábeis e financeiros, para análises de riscos nacionais e internacionais e para a formação de estatísticas que tornarão as empresas brasileiras mais atrativas e competitivas dentro e fora do país.

O que muda nas empresas com a implantação da Central de Balanços?

Assim como tem ocorrido com a chegada do eSocial, a Central de Balanços do SPED promete mexer com o dia a dia das empresas que ainda não têm processos organizados e bem definidos em seus departamentos.

Este projeto é um passo muito importante para as organizações quando o assunto é prestação de contas tanto para os órgãos fiscalizadores quanto para o público em geral. A transparência na prestação de contas é o ponto-chave para os empresários que desejam atrair acionistas e investidores nacionais e internacionais para expansão dos seus negócios.

Tendo como base as normas internacionais de contabilidade IFRS (International Financial Reporting Standards), a adoção da Central de Balanços passa a ser um dos caminhos do SPED para modernizar a rotina contábil das empresas brasileiras e torná-la mais sólida e confiável.

E para transmitir essa grande quantidade de informações para a plataforma do SPED, as empresas deverão utilizar softwares específicos, capazes de fazer a validação e a transmissão de maneira correta, sem riscos de erros e retrabalho.

Neste processo, as equipes de TI são desafiadas a encontrar e formatar soluções que se encaixem com êxito nas necessidades dos departamentos e fazer constantemente as atualizações das ferramentas e dos sistemas de origem.

Para otimizar os processos de geração, compilação, envio e gestão de todos as informações exigidas pela Central de Balanços e outros eventos do SPED, vale a pena os profissionais de TI conhecerem a solução desenvolvida pela Compliance Fiscal.

A empresa possui uma ferramenta completa, 100% web, que atende aos mais diferentes sistemas de origem.

Para conhecer melhor a solução e os serviços da Compliance Fiscal, deixe sua mensagem nos comentários ou entre em contato com nossa equipe de executivos.

Please follow and like us:
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu